Especial BDD


Link

A empresa tem orgulho em ter cooperado crescimento de Eunápolis nesta trajetória

A Checon Distribuidora estará promovendo ao longo deste ano de 2021, uma série de momentos para celebrar seu 30º aniversário. Consolidada como uma das maiores distribuidoras atacadistas da Bahia, a Checon nasceu na década de 90, em Eunápolis.

De origem familiar e com uma biografia que se entrelaça com a história de evolução de Eunápolis, a Checon Distribuidora tem orgulho em ter cooperado com os degraus do crescimento econômico conquistado pelo município nesta trajetória. São 30 anos gerando oportunidades de emprego para homens e mulheres que, todos os dias, se dedicam às suas tarefas e fazem todos os momentos valerem a pena na Checon.

 

Para Nelson Júnior Checon, “o momento é de satisfação pelo caminho percorrido até aqui. São 30 anos de muito trabalho, participando de momentos que foram inesquecíveis, tanto na contribuição na ascensão e reconhecimento do nosso município para a região, quanto na vida de pessoas como nossos colaboradores e parceiros de jornada.”

Dia da mulher

Para celebrar as três décadas de história, a programação começou com o lançamento de campanha do Dia da Mulher, com a mensagem “Em momentos que fazem a vida valer” em vídeo depoimento de mulheres que ajudaram a construir a Checon Distribuidora que existe hoje. O lançamento foi virtual, devido às limitações provocadas pela pandemia da Covid-19, nas redes sociais da empresa.

A data de lançamento das comemorações pelos 30 anos foi escolhida devido a relevância das personagens femininas que participaram da construção da história da Checon. “É uma honra para todos nós termos o reconhecimento do nosso trabalho em uma história tão importante como a da Checon. Isso nos incentiva na continuidade do trabalho e, com certeza, inspira outras mulheres a acreditarem em suas capacidades e sonhos também.” Expressou Elizabeth Checon.

Link

A partir deste ano, a Veracel Celulose, empresa localizada na região da Costa do Descobrimento, na Bahia, passa a ser uma das signatárias do Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção, iniciativa do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social reconhecida mundialmente e que tem como objetivo unir corporações para promover um mercado mais íntegro e ético e erradicar o suborno e a corrupção.

Para se tornar signatária, a empresa passou por uma avaliação do cumprimento dos requisitos mínimos. A adesão ao Pacto é voluntária e as signatárias estão sujeitas a uma plataforma de monitoramento, um processo de auto avaliação anual que a empresa realiza com base no Guia Temático de Integridade, Prevenção e Combate à Corrupção, que a apoiará a aprimorar suas práticas de integridade em diferentes dimensões.

"A Veracel sempre buscou a evolução contínua de seu compromisso com a integridade, a ética e o combate à corrupção. Aderir ao Pacto reforça publicamente esse compromisso perante todos os nossos públicos e ressalta que a cultura Veracel continuará no caminho da integridade em todas as relações da companhia" destaca Rodrigo Louzada De Carvalho, Gerente de Auditoria Interna e Compliance da Veracel.

Ao se tornarem signatárias do pacto, as empresas assumem o compromisso de divulgar a legislação brasileira anticorrupção para seus funcionários e stakeholders, a fim de que ela seja cumprida integralmente

Em cada atualização, a organização obterá seu nível de adesão ao Pacto, numa análise comparativa com as demais organizações de mesmo porte ou região.

"Apesar da tolerânzia zero à corrupção já ser parte da cultura e do jeito de ser da Veracel, esse monitoramento é extremamente importante para nos dar as ferramentas e informações necessárias para traçar novas metas de evolução no temas relacionados à integridade, buscando a melhoria constante" finaliza Louzada.

A página com o Código de Conduta da Veracel Celulose pode ser acessada por qualquer pessoa pelo link https://www.veracel.com.br/boa-conduta/ .

Sobre o Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção

O Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção foi lançado em 22 de junho de 2006, por iniciativa do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, UniEthos - Formação e Desenvolvimento da Gestão Socialmente Responsável, Patri Relações Governamentais & Políticas Públicas, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), Escritório das Nações Unidas Contra Drogas e Crime (UNODC) e Comitê Brasileiro do Pacto Global.

Sobre a Veracel Celulose

Fundada em 1991, com início da produção de celulose em 2005, a Veracel Celulose é fruto da parceria entre duas grandes empresas do setor de celulose e papel em âmbito internacional: a brasileira Suzano e a sueco-finlandesa Stora Enso, que compartilham o controle acionário da companhia, detendo, cada uma, 50% das ações. Localizada em Eunápolis, no Sul da Bahia, a companhia integra operações florestais, industriais e de logística em 11 municípios da região. Com uma produção anual média de 1,1 milhão de toneladas, a empresa gera 3.191 empregos próprios e de terceiros.

A Veracel Celulose tem compromisso com as pessoas - colaboradores, parceiros e comunidades. A empresa busca sempre contribuir com a qualidade de vida regional, a partir do apoio e do desenvolvimento de ações culturais, sociais e econômicas que beneficiam a região. Além disso, a preocupação com a conservação ambiental faz parte da agenda de sustentabilidade da companhia.

Link

Em janeiro, a Veracel Celulose, localizada na região da Costa do Descobrimento, na Bahia, passou a integrar o Conselho de Coordenação do Diálogo Florestal, iniciativa independente e de atuação nacional que visa facilitar a interação entre representantes de empresas do setor de base florestal, organizações da sociedade civil e instituições de ensino e pesquisa, para a construção de um ambiente e agendas em comum entre esses setores.

Os representantes da Veracel que assumiram o compromisso com o Conselho foram Luiz Tapia, gerente de Meio Ambiente e Gestão Integrada, e Virgínia Londe de Camargos, coordenadora de Estratégia Ambiental.

"A participação da Veracel no conselho reforça a importância que a empresa dá aos processos de diálogo e transparência" destaca Virginia. A Veracel tem uma longa história de apoio às atividades do Diálogo Florestal no Brasil e, atualmente, também integra o Fórum Florestal da Bahia.

Com mais de 100 participantes no Brasil, o grupo tem como objetivo promover ações efetivas associadas à produção florestal, ampliar a escala dos esforços de conservação e restauração do meio ambiente, gerando benefícios para os participantes do Diálogo e para a sociedade em geral. Sua criação foi inspirada no The Forests Dialogue, onde hoje integra o Steering Committee hospedado na Universidade de Yale.

De acordo com o previsto no regimento interno do Diálogo Florestal, anualmente uma nova empresa entra no Conselho de Coordenação, substituindo a empresa que há mais tempo ocupa uma vaga ou que deseje disponibilizar sua vaga. Ao entrar para o Conselho, a Veracel substitui a Stora Enso, empresa sueco-finlandesa que é acionista da própria Veracel.

Sobre o Diálogo Florestal

O Diálogo Florestal é uma iniciativa pioneira e independente que há 15 anos facilita a interação entre representantes de empresas do setor de base florestal, organizações ambientalistas, movimentos sociais e instituições de ensino e pesquisa destinada a implementar uma nova maneira de dialogar entre estes setores historicamente antagônicos. Com participantes de todo o Brasil, a iniciativa foca na implantação de ações efetivas associadas à produção florestal, na ampliação da escala dos esforços de conservação e restauração do meio ambiente, gerando benefícios para os participantes do Diálogo e para a sociedade em geral. O foco do plano de ação para 2021 é a restauração florestal.

Sobre a Veracel Celulose

Fundada em 1991, com início da produção de celulose em 2005, a Veracel Celulose é fruto da parceria entre duas grandes empresas do setor de celulose e papel em âmbito internacional: a brasileira Suzano e a sueco-finlandesa Stora Enso, que compartilham o controle acionário da companhia, detendo, cada uma, 50% das ações. Localizada em Eunápolis, no Sul da Bahia, a companhia integra operações florestais, industriais e de logística em 11 municípios da região. Com uma produção anual média de 1,1 milhão de toneladas, a empresa gera 3.191 empregos próprios e de terceiros.

A Veracel Celulose tem compromisso com as pessoas - colaboradores, parceiros e comunidades. A empresa busca sempre contribuir com a qualidade de vida regional, a partir do apoio e do desenvolvimento de ações culturais, sociais e econômicas que beneficiam a região. Além disso, a preocupação com a conservação ambiental faz parte da agenda de sustentabilidade da companhia.

Link

A Veracel Celulose, indústria que atua no Sul da Bahia, vem desenvolvendo um projeto piloto de meliponicultura (criação de abelhas sem ferrão) com a comunidade indígena pataxó Aldeia Meio da Mata e com associações de apicultores em Eunápolis e Guaratinga. Em parceira com a DVM Consultoria Apícola, a companhia disponibilizou kits apícolas e ofereceu capacitação para o manuseio e a produção de mel orgânico de abelhas da espécie uruçu amarela (Melipona mandury).
 
Um dos aspectos mais vantajosos desse processo com abelhas sem ferrão é que ele pode ser feito de maneira segura nos quintais das casas, contribuindo para a disseminação da atividade entre os produtores. Um apiário desse tipo pode gerar 5 litros de mel por ano, custando cerca de 200 reais cada litro, sendo que o trabalhadores que participarem da iniciativa podem dividir os enxames em três ou quatro vezes por ano, sendo que cada enxame equivale um salário mínimo.

Neste momento, o projeto atende a 60 famílias no Sul da Bahia que já estão colhendo a primeira produção de mel do ano. Ao longo de 2021, a expectativa é de ampliação para outras comunidades da região.

Para o projeto, a Veracel proporcionou a capacitação das famílias e providenciou gratuitamente os materiais necessários para o manejo das abelhas e início da produção. Foram utilizadas somente floradas compatíveis com mata nativa da região.

De acordo com Izabel Bianchi, especialista em Responsabilidade Social da Veracel Celulose, o projeto tem por objetivo contribuir para o crescimento sustentável da região. "Todas as ações são realizadas para que haja, além da geração de renda, um resgate da cultura local e com isso a retomada da produção de itens importantes para a subsistência e desenvolvimento das comunidades envolvidas", diz a especialista. 

Atuação da Veracel para projetos de apicultura no Sul da Bahia
A Veracel organiza, desde 2005, projetos de apicultura para 161 famílias dos municípios de Eunápolis, Itabela, Guaratinga, Itagimirim e Belmonte. A empresa investe na capacitação dos participantes apicultores, na doação de materiais, insumos, tecnologia e vestimentas adequadas, além da disponibilização dos pastos apícolas com procedimento que compatibiliza oportunidades de negócios para os apicultores e também dando segurança operacional para os trabalhadores florestais. Também incentiva a criação das associações de produtores e orienta para a gestão do negócio. Em 2019, foram produzidas 115 toneladas de mel, garantindo um total de R﹩ 748 mil de renda.

Link

A nova gestão do prefeito Luciano Francisqueto deve ter novos desafios. Reeleito com 11.705 votos, Fancisqueto e sua equipe precisarão ter ainda mais responsabilidade para atender os anseios da população de Itabela. Com o processo de transição e organização para os próximos quatro anos , Francisqueto precisará contar ainda mais com os secretários municipais para continuar a gestão efetiva, que é conhecida pelo trabalho. 

Em seu segundo mandato,  o prefeito manteve a mesma equipe de secretários, mas já alertou “que por se tratar de uma gestão administrativa, se precisar, vai mexer”. 

Na primeira semana desse ano, o prefeito esteve reunido com todo o seu secretariado para realizar alinhamento e definir metas para os próximos quatro anos de governo.

A nova gestão do prefeito Luciano Francisqueto deve ter novos desafios. (Foto:Arquivo/BAHIA DIA A DIA)
 
Na ocasião, aproveitou para solicitar o empenho de todos para uma atuação eficaz na sua administração. “Preciso que cada secretário apresente o melhor de si na gestão de sua pasta. Precisamos fazer a diferença e avançar ainda mais. Essa segunda gestão deverá ser ainda mais humanizada”, disse o prefeito.

O gestor mostrou espera contar com o empenho de todos, mostrando e se for o caso ‘arregaçar as mangas’ para fazer acontecer.

Como prioridade para início de seu novo governo, Francisqueto declarou que vai continuar realizando obras e buscará diminuir as despesas de gastos, visando condições mais favoráveis aos cofres públicos.

Link

Luciano Francisqueto (REPUBLICANOS) tomou posse na manhã desta sexta-feira (1º) para o seu segundo mandato como prefeito de Itabela. A cerimônia foi conduzida pela nova mesa diretora da Câmara Municipal de Vereadores. 

Após fazer o juramento e assinar o livro de posse – juntamente com o vice-prefeito Gedalvo Matos, Luciano fez seu primeiro discurso como prefeito reeleito. “Quero agradecer a Deus e a todos que acreditaram na força do trabalho. É por isso, que vamos iniciar 2021, construindo um novo tempo. É muita responsabilidade, por isso, quero ser melhor do que fui. Há quatro anos, eu queria ser o melhor dos ex-prefeitos e acho que consegui, pois sou o primeiro prefeito reeleito da história de Itabela. Ao assumir meu segundo mandato, eu vou fazer o possível para ser melhor do que fui. Itabela vai avançar muito”, declarou o prefeito.

Luciano parabenizou todos os vereadores eleitos e reeleitos e a nova mesa diretora. (Foto: Alex Gonçalves/BAHIA DIA A DIA)

Luciano parabenizou todos os vereadores eleitos e reeleitos e a nova mesa diretora. “Quero dizer que o executivo vai seguir em parceria com o legislativo para trazer sempre melhorias para cidade”,  declarou. 
Ainda em seu discurso, Luciano revelou que decidiu manter todos os atuais secretários municipais, mas, deixou um alerta. “Diz-se que em time que está ganhando não mexe. Por isso, vou manter todos os atuais secretários. Mas, se for precisa mexer, vou mexer. Começamos um novo jogo, se precisar haver mudanças, vamos mudar”, garantiu. 

Luciano Francisqueto é o primeiro prefeito reeleito na história de Itabela. Nas últimas eleições municipais, 15 de novembro, ele recebeu 11.705 votos, o equivalente a 70,98% do total dos votos válidos do município.

Prefeito Luciano Francisqueto ao lado do vice Gedalvo Matos e de seus familiares. (Foto: Alex Gonçalves/BAHIA DIA A DIA)

Antes da posse do prefeito, os vereadores eleitos, escolheram os membros da nova Mesa Diretora, incluindo o novo presidente da Câmara, Tio Pedro Dapé (PP).

Link

Em sua primeira edição "O Festival Cultural Itabela ON, promovido pela Prefeitura de Itabela, por meio da Secretaria de Educação de Itabela e Departamento de Cultura, foi considerado um dos maiores eventos culturais da região. O festival começou na quinta-feira (16) e encerrou no domingo (20), de forma totalmente online, reunindo artistas de diferentes áreas da cultura, dentre elas música e dança. No total foram distribuídos mais de R$ 50 mil em premiações em dinheiro. 

O Festival, que teve o propósito de oferecer acesso gratuito a atividades artísticas para a população de Itabela, bem como de premiar a artista por meio da lei Aldir Blanc, foi realizado no Colégio Modelo, onde foi montado uma grande estrutura de palco som e Iluminação para receber o evento.

A programação foi dividida em várias categorias. Na quinta-feira (17), na abertura, aconteceu o festival de Música Gospel. Na sexta-feira (18), foi a vez do Festival de Dança em infantil e Infantojuvenil. No sábado foi o Festival de Beleza Infantil e Infanto Juvenil e Música Infantil. O Festival terminou domingo (20) com o festival de Beleza Adulto Feminino, Masculino e Festival de Música Livre Adulto onde reuniu vários cantores local.

Festival envolveu dança, musica e concurso de beleza. (Foto: Divulgação)

O prefeito Luciano Francisqueto que acompanhou o evento durante os quatro dias ressaltou que o festival foi um sucesso e parabenizou todos os artistas envolvidos, destacando a importância do apoio aos fazedores de cultura de Itabela. “É muito importante respeitar a classe artística, em especial neste momento de pandemia e este festival mostrou como Itabela tem vários talentos e cabe ao poder público estimular a arte e cultura”, destacou Luciano.

Em todas as apresentações, o júri era composto por três jurados com especialidades em cada modalidade. Após as apresentações, uma enquete era aberta para o público de casa votar no candidato preferido. Além da entrega de troféus aos ganhadores e as pessoas que contribuíram para a realização do evento. 

Prefeito Luciano Francisqueto ressaltou que o festival destacou a importância do apoio aos fazedores de cultura de Itabela. (Foto: Divulgação)

A secretaria de Educação, Christiany Grassi, disse que todas as expectativas do projeto foram alcançadas “ Queremos parabenizar todos os envolvidos nesse projeto que teve todas as expectativas alcançadas. A cultura de Itabela vem fortalecendo cada vez mais e conquistando referência em toda região. Só temos que agradecer a todos que participaram”

Para a diretora do Departamento de Cultura Ana Kelly, o Festival ON foi uma das formas de garantir uma programação cultural relevante, de conteúdos educativos e de lazer. “Foi muito especial transmitir às pessoas a história, a arte e a cultura feitas em Itabela, fortalecendo os laços culturais que nos identificam”, ressaltou Kelly. 

A programação do festival também contou com a participação dos cantores Guto dos Teclados, Raimundinho, Sill Marques, Roque Pedro e Juraci do Pagode, contemplados pelo edital “Raízes de Itabela”.

Renatinho Morais foi o vencedor da categoria Música Livre Adulto. (Foto: Divulgação)

O Festival Cultural “Itabela ON” integra as ações emergenciais previstas na Lei Aldir Blanc atendem aos trabalhadores da cultura, que tiveram suas atividades interrompidas por força das medidas de distanciamento social para o controle da pandemia da Covid-19.

Confira na íntegra o resultado:

CATEGORIA GOSPEL – QUINTA-FEIRA 17/12/2020

NOME

COLOCAÇÃO

PREMIAÇÃO

Mariany Santos

1º LUGAR

R$ 1.500,00

Júnior Torquarto

2º LUGAR

R$ 1.000,00

Maria Rita Martins Do Santos

3º LUGAR

R$ 800

Nádyla Santana Vieira

4º LUGAR

R$ 700

Lidiane De Assis Silva

5º LUGAR

R$ 600

Welington Santana Evangelista

6º LUGAR

R$ 400

SEXTA-FEIRA 18/12/2020

CATEGORIA DANÇA INFANTIL

NOME

COLOCAÇÃO

PREMIAÇÃO

MEIA PONTA (Jocimara Souto Santos)

1º LUGAR

R$ 1.500,00

Sofia Almeida Bredoff

2º LUGAR

R$ 1.000,00

Rian Passos Souto

3º LUGAR

R$ 800

Marina Vitória Franco de Souza

4º LUGAR

R$ 700

CATEGORIA DANÇA ADULTO

NOME

COLOCAÇÃO

PREMIAÇÃO

CORPO LIVRE (Larissa De Almeida Ferreira)

1º LUGAR

R$ 1.500,00

Oz Canalhas ( Leandro Ribeiro)

2º LUGAR

R$ 1.000,00

Na Art Da Swgueira (Rauni Barbosa Silva)

3º LUGAR

R$ 800

ROBOZINHO (Luciano Silva Pratis)

4º LUGAR

R$ 700

ART DANCE (Afonso Conceição Dos Santos)

5º LUGAR

R$ 600

Monte Dance ( Rael)

6º LUGAR

R$ 400

SÁBADO 19/12/2020

CATEGORIA CONCURSO BELEZA INFANTIL (05 A 12 ANOS)

NOME

COLOCAÇÃO

PREMIAÇÃO

Julia Stefany Passos Gomes

1º LUGAR

R$ 800

Helloa Santana Santos

2º LUGAR

R$ 500

Rayssa Dafne Ribeiro De Lins

3º LUGAR

R$ 400

Brenda Rodrigues Fernandes

4º LUGAR

R$ 300

Maria Flor Borges Sperandio

5º LUGAR

R$ 200

Davi Valentin Casali

6º LUGAR

R$ 100

Maria Eduarda Silva Rocha

7º LUGAR

R$50

Anna Julia Lima Lira

8º LUGAR

R$50

Bianca De Almeida Matos

9º LUGAR

R$50

Marcela Santos Oliveira

10º LUGAR

R$50

CATEGORIA CONCURSO BELEZA INFANTO JUVENIL (13 A 16 ANOS)

NOME

COLOCAÇÃO

PREMIAÇÃO

Camilly André

1º LUGAR

R$ 800

                       Paloma Santos

2º LUGAR

R$ 500

Heloisa De Jesus Zahn

3º LUGAR

R$ 400

Karoliny Dos Santos

4º LUGAR

R$ 300

Izaquele Moreira

5º LUGAR

R$ 200

Camila Mota Carvalho

6º LUGAR

R$ 100

CATEGORIA MUSICA INFANTIL/INFANTOJUVENIL (05 A 16 ANOS)

NOME

COLOCAÇÃO

PREMIAÇÃO

Wegles Caldeira

1º LUGAR

R$ 1.500,00

Yã Sanfoneiro

2º LUGAR

R$ 1.000,00

Giulia Silva

3º LUGAR

R$ 800

Kamila Souza

4º LUGAR

R$ 700

Ayslla Cera

5º LUGAR

R$ 600

Victoria Jhemily

6º LUGAR

R$ 400

DOMINGO 20/12/2020

CATEGORIA CONCURSO BELEZA ADULTO FEMININA

NOME

COLOCAÇÃO

PREMIAÇÃO

Poliandra Menezes Souza

1º LUGAR

R$ 1.500,00

Bianca Rodrigues

2º LUGAR

R$ 1.000,00

Laysa Eloysa

3º LUGAR

R$ 800

Andressa Pacheco

4º LUGAR

R$ 700

Evelyn Silva

5º LUGAR

R$ 600

Amanda Silva

6º LUGAR

R$ 400

CATEGORIA CONCURSO BELEZA ADULTO MASCULINA

NOME

COLOCAÇÃO

PREMIAÇÃO

Alef Jhansher Silva

1º LUGAR

R$ 1.500,00

José Ivo Avancini Moura

2º LUGAR

R$ 1.000,00

Jailson Da Silva Oliveira

3º LUGAR

R$ 800

Deivide Santos Da

4º LUGAR

R$ 700

Jaino Cruz Das Virgens

5º LUGAR

R$ 600

Victor Cerqueira

6º LUGAR

R$ 400


CATEGORIA CONCURSO MÚSICA LIVRE ADULTO

NOME

COLOCAÇÃO

PREMIAÇÃO

Renatinho Morais

1º LUGAR

R$ 1.500,00

Devison Ferraz

2º LUGAR

R$ 1.000,00

Jackson Fraga

3º LUGAR

R$ 800

Leo Lima

4º LUGAR

R$ 700

As Branquelas (Bruno Reis)

5º LUGAR

R$ 600

Neto Miler ( Renato Rocha)

6º LUGAR

R$ 400

Link

Estão abertas, até a próxima segunda-feira (14), as inscrições para o concurso cultural Festival "Itabela ON".  Promovido pela Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura, por meio do Departamento de Cultura, o concurso busca incentivar e divulgar e premiar apresentações culturais realizadas por artistas, agentes de cultura e profissionais da cadeia produtiva da cultura local. 

Promovido por meio da Lei Aldir Blanc- regulamentada pelo Decreto Federal, 14.017 de 29 de junho de 2020, o concurso irá premiar os seis primeiros colocados em cada uma das seguintes categorias: música Gospel; dança Infantil; dança adulto; música infantil; música adulta; beleza infantil; beleza juvenil; e beleza adulta: masculino e feminino. Serão mais de R$ 52 mil em premiações. 

Para a secretaria de Educação, Christiany Grassi, a lei Aldir Blanc surgiu no intuito de mobilizar e proteger os  verdadeiros fazedores de Cultura. “É uma forma de considerar a arte , respeitar e reconhecer os nossos artistas, grupos e espaços culturais do município, portanto, é um direito adquirido e planejado pela gestão . Salienta que tudo  foi possível pelo empenho dos participantes da Comissão outorgado pela gestão. Trabalho árduo mais com sucesso garantido ”, salientou a secretária.

Já para a diretora de Cultura, Ana Kelly Chaves, Itabela está democratizando a lei Aldir Blanc ao contemplar o maior número de artistas e grupos que fazem cultura no município. “Neste momento difícil os artistas serão os últimos a voltar a atuar”, reforçou Kelly. Ela lembrou ainda que haverá alguns editais de chamada pública dentro do Festival que irá contemplar a categorias culturais e musicais. “Agradecemos também o empenho do prefeito Luciano Francisqueto por mobilizar essas ações voltadas a cultura e o respeito aos artistas do município” frisou. 

QUEM PODE PARTICIPAR - As inscrições serão feitas mediante o preenchimento no site link www.festivalitabelaon.com.br ou https://forms.gle/VBKABYk9dHi4WSMc9. O número máximo de inscrições em cada categoria é de 15 (quinze) participantes. 

Podem se inscrever no concurso pessoas físicas ou pessoas jurídicas - maiores de 18 anos ou que sejam representadas por seus responsáveis legais, podendo ser agentes, grupos ou coletivos, formais ou informais, que desenvolvam alguma atividade artística ou cultural e residam no munícipio de Itabela. É proibida a participação de membros do grupo de trabalho de acompanhamento e fiscalização, filhos e funcionários diretos da Secretaria Municipal de Educação, Esporte, Cultura e Lazer ou projetos a estes atrelados e/ou vinculados.

LIVE VIRTUAL - As apresentações artísticas acontecem nos dias 17, 18, 19 e 20 e serão transmitidas ao vivo por meio de uma Live Virtual, que será veiculada nas redes sociais e pelo site www.festivalitabelaon.com.br . O público além de assistir, poderá avaliar através de enquetes, cada uma das apresentações juntamente com a comissão organizadora, que será composta por três pessoas de renome do meio cultural e artístico regional.

Link

“É uma alegria muito grande conquistar esse empreendimento para Itabela. Essa franquia representa a confiança que a Hering tem no potencial econômico do nosso município”, comemorou com alegria a empresária Francieli Avancini, proprietária da Hering Itabela.

A loja, que era uma exclusiva da marca, foi reinaugurada, agora como franquia, na manhã de sexta-feira (04), atendendo a todos os protocolos de enfrentamento a Covid-19, com um coquetel para clientes e imprensa.

Na ocasião, além de conhecerem a nos estrutura adequada as padrões nacionais da Hering, os convidados tiveram a oportunidade de conhecer os lançamentos pela marca, conhecida pela altíssima qualidade de seus  produtos. “Ficou muito bonita. Gosto dos produtos da Hering por ter roupas com preços acessíveis e que podem ser usadas tanto para o dia a dia, quanto em momentos especiais" disse Simone Souza, cliente da loja.

Franquia da Hering possui roupas com preços acessíveis. (Foto: Joziel Costa/BAHIA DIA A DIA)

A loja conta com um espaço amplo, moderno e climatizado, e com vestuários masculino, feminino e infantil. Além de possuir uma equipe de funcionários treinados atenderem com qualidade em todos os setores da loja. A unidade fica localizada na Avenida Pedro Álvares Cabral, no centro da cidade.

Link

Zanardo, atual diretor florestal na Suzano S.A., assumirá a posição na Veracel em 1º de fevereiro de 2021. Andreas Birmoser assumirá uma nova posição a partir de fevereiro de 2021, quando retornará à Stora Enso, em Estocolomo, na Suécia, como vice-presidente sênior de Negócios de Embalagens de Papel Cartão, na Divisão de Materiais para Embalagens (SVP, Head of BU Liquid Packaging and Carton Board, in the Packaging Materials Division), conforme a companhia havia anunciado em outubro. 

Caio Zanardo está na organização há mais de 16 anos, entrou como trainee e já ocupou diversas posições de liderança na Votorantim, Fibria e agora na Suzano. O executivo iniciou sua carreira na Votorantim, em 2004.  Graduado em Engenharia Florestal pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo, em 2003, Zanardo possui MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e cursou Advanced Strategy Management no International Institute for Management Development (IMD) Business School, em Lausanne, na Suíça. 

Andreas Birmoser assumiu o cargo de diretor-presidente da Veracel em fevereiro de 2018. Foi membro do Conselho de Administração da Veracel de 2012 a 2018 e, de 2010 a 2011, foi diretor financeiro da empresa, ao longo de um período de 10 anos de relação com a empresa. Anteriormente, ocupou as posições de: vice-presidente sênior de Finanças, TI e Planejamento Estratégico da Stora Enso Biomateriais; membro do Conselho de Administração da Montes del Plata; gerente financeiro da Stora Enso no Brasil e no Uruguai; e controller na Stora Enso na Finlândia.  

O processo de busca pelo novo diretor-presidente foi conduzido pelos representantes dos dois acionistas.

Página: 1